Estilos de Vida - Promoção da Saúde e Desporto

foto

Descrição

O domínio da saúde tem vindo a ser cada vez mais considerado de uma perspetiva multifatorial em detrimento de um escopo de análise funcionalista e meramente orgânico.

A importância da saúde numa perspetiva humana dinâmica onde as ações, atitudes e comportamentos a adotar face ao meio envolvente e entorno pessoal, são muito relevantes, visando um estilo de vida saudável e ativo.

A promoção da atividade física nos sistemas de saúde, e em articulação com outros setores da sociedade, é uma das prioridades da Organização Mundial de Saúde para a modificação do estilo de vida da população.

No entanto, e apesar de todos os esforços e investimentos da última década, a população portuguesa é das menos ativas da União Europeia, sendo que o sedentarismo tem impacto na doença, nomeadamente em termos fisiológicos.

É relevante compreender que o contributo da prática desportiva é eficaz ao nível da qualidade de vida da pessoa, nomeadamente em termos de autonomia funcional, bem como no melhor ajuste dos processos de repouso e higiene do sono.

Outro aspeto fundamental que importa explorar são os benefícios psicológicos, numa logica de bem-estar, de saúde psicológica e de atitude positiva face ao próprio projeto de vida, e inter-relação com o meio social.

As ações a adotar e os motivos que que estabelecem um principio de motivação para a prática da atividade física são temas essenciais quando exploramos o tema da saúde associado ao desporto, tão em voga no século XXI.

No sentido de desenvolver sociedades cada vez mais sensíveis e atuantes, no que concerne ao estilo de vida ativo, vários programas têm vindo a ser desenvolvidos.

Objectivos

Compreender a importância da interligação entre saúde e desporto.

Perceber a importância de promover a prática de atividade física numa logica individual e comunitária.

Adotar os modelos de desenvolvimento da prática desportiva como referencial individual e organizacional.

Perspectivar situações de ação do individuo:

a) face à promoção da sua saúde psicológica;

b) reação desportiva face à doença;

c) promoção de um estilo de vida ativo.

Identificar as estratégias veiculadas Plano Nacional de Promoção de Atividade Física.

Usar estratégias de promoção de atividade física no combate ao sedentarismo.

Compreender a importância e impacto da atividade física no repouso e sono.

Adotar e/ou identificar profissionais habilitados a intervir na autonomia funcional.

Identificar variáveis comportamentais relevantes na atividade física.

Familiarizar-se com a importância das emoções na prática de atividade física.

Identificar benefícios psicológicos da atividade física.

Programa

18:00/18:50 – Dr. Romeu Mendes ( Diretor-Adjunto do Programa Nacional para a Promoção da Atividade Física da Direção-Geral da Saúde)

Epidemiologia da (in)atividade física e comportamento sedentário. Intervenção estratégica na promoção da atividade física. Promoção da atividade física nos sistemas de saúde. 

19:00/19:50 – Doutora em Saúde e Condição Física Sandra Martins  (Universidade Europeia)

Os benefícios da atividade física para a autonomia funcional. A atividade física e o repouso/sono. Contributo dos clubes desportivos para a promoção de atividade física na comunidade. 

20:30/21:20 – Doutor António Palmeira (FMH e Universidade Lusófona)

As variáveis comportamentais na atividade física. A motivação para a prática de atividade física. O papel das emoções na prática de atividade física. Os benefícios psicológicos da atividade física. 

Nota

A acção será creditada com 0.8 UC para renovação do TPTD junto do IPDJ, na Componente Geral.

Organização

 
  • Partners
  • Partners

Creditado por

 
  • Partners

Parceiros